Sobre o Produtor

Uma das maiores expressões de mínima intervenção na Borgonha.

Depois de passar pela revista La Revue du Vin de France, Oronce de Beler chegou à Borgonha em 2004, atraído pelo mistério e pela beleza dos admirados terroirs da Côte de Nuits. Apaixonado pelo lugar, Oronce decidiu estudar sobre vinificação e se formou em Beaune. Mudou-se para uma das mais antigas casas de Vosné Romane, chamada “La Maison Romane”, para lançar, então, seu primeiro vinho em 2005.

Mais tarde, Oronce decidiu mudar-se para alguns quilômetros dali, em Nuits-Saint-George. Instalou-se em uma propriedade mais espaçosa que dispunha de uma cave condizente com a quantidade de seus projetos. E não são poucos. Além de vinhos, Oronce cria em liberdade porcos Ibéricos-Corsos, gado e galinhas!

Os viticultores com os quais Oronce trabalha são completamente orgânicos, livres de pesticidas, e boa parte deles utiliza práticas
biodinâmicas. Oronce acompanha de perto o cultivo das uvas e possui acordo de utilização das mesmas parreiras todo ano. Este é, talvez, um dos principais fatores da qualidade dos seus vins de négoce.

A colheita é feita com dupla seleção: no vinhedo e na cave. Oronce dá atenção especial a esta etapa do processo pois fermenta seus vinhos, integralmente, com cachos inteiros (grappe entière).

Os vinhos envelhecem em barricas de carvalho Tronçay entre 15 a 19 meses. Cada cuvée é feita em volume muito pequeno, de acordo com o ciclo lunar e trasfega por gravidade.

Mostrando um único resultado

REDES SOCIAIS

FORMAS DE PAGAMENTO

             


Para uma experiência de compra mais rápida, a Cave Léman apresenta em sua loja apenas os produtos disponíveis em estoque.
Dispensar